top of page
  • Foto do escritorAna Lúcia Rafael

Desenvolvimento humano: precisamos falar sobre empoderamento feminino

Desenvolvimento humano e empoderamento feminino são duas facetas de uma mesma “moeda”. Assuntos pertinentes e relevantes, tanto na esfera corporativa quanto em toda a sociedade.


Eu costumo dizer que me agrada bastante ver o empoderamento feminino como movimento social para uma sociedade mais igualitária, respeitosa e gentil.

Pense comigo: democracia basicamente tem como princípio, o respeito. E nos dias atuais, antes de mais nada, ouvimos muito a respeito da importância do respeito à diversidade humana, não é verdade?

Contudo, as mulheres inegavelmente ainda tem que lidar com questões como:

  • Salários mais baixos;

  • Abuso sexual;

  • Feminicídio em alto grau;

  • A normalização de tais fatos, mesmo pelas próprias mulheres, que até culpabilizam a si próprias.

A verdade é que estamos diante de um assunto de extrema relevância e como tal, é muito importante de ser debatido em todos os setores da sociedade. Até pelo fato de que se trata de algo real e que está enraizado na nossa sociedade.

Na minha visão, o empoderamento feminino, surge como um incentivo para que a mulher se valorize. Além disso, é extremamente necessário, pois leva a mulher a se enxergar e sentir com os mesmos direitos e deveres. Parece algo óbvio, mas ainda não o é.

Como eu comentei na minha entrevista:

“A exigência em relação à mulher é altíssima dentro da família, escola e empresa e ao mesmo tempo nem sempre é lhe dado o devido valor. É comum observar mulheres se esquivando de cargos de poder com receio da sobrecarga e por medo de uma retaliação familiar.” – Ana Lúcia Rafael

Mulher: empodere-se!

É necessário que a própria mulher tenha noção do quanto esse processo social de empoderamento feminino tem a capacidade de interferir em suas escolhas e vida. Assim, a mulher passa a reunir maiores condições de compreensão a respeito do quanto suas próprias crenças muitas vezes limitam seus sonhos e metas.

Lembre-se: diversas vezes os desejos, vontades e necessidades das mulheres são tratados como “frescura ou mimimi”. Quando a mulher se empodera e se desenvolve, tendo a noção exata do que acontece com ela socialmente e dentro da família, os resultados que ela obtém costumam impressionar.

Portanto, se sua empresa não investe em palestras sobre empoderamento feminino, está mais do que na hora de considerar essa iniciativa tão positiva, tanto para suas funcionárias, líderes, parceiras de negócios, quanto para sua empresa e evento.





0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page